Missa em Ação de Graças celebra um ano de sucesso do Compajaf

image_pdfimage_print

Em ação de graças pelo aniversário de um ano do Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho (Compajaf), foi celebrada na tarde desta terça-feira, 14, uma missa com a presença dos internos, familiares e convidados. Na oportunidade, o secretário adjunto de Justiça e Cidadania do Estado de Sergipe, Elder Sandes, falou sobre a importância da ressocialização através das atividades desenvolvidas com os internos para que se reintegrem a sociedade, tão logo tenham cumprido sua pena. Ele elogiou o bom desempenho do Compajaf, que durante seu primeiro ano, não teve fuga ou rebelião.
Missa festiva comemora um ano do Compajaf

A missa foi celebrada pelo padre Manoel Barbosa, que contou com o apoio da Pastoral Carcerária, e familiares dos internos. O sermão fez referência a Pascoa e a importância da Ressurreição de Cristo como motivo de fé para os Católicos, dando exemplo para a humanidade. Os internos acompanharam e participaram da Missa, inclusive, levando oferendas ao altar no momento do ofertório e cantando junto com o grupo da Pastoral, acompanhado pela voz e violão de Magal. Após a Missa foi oferecido um coquetel para todos os presentes.
Internos acompanham a Missa com familiares

Parceria de sucesso
O Compajaf, administrado pelo Estado de Sergipe, em regime de co-gestão com a empresa Reviver, aloja 170 internos buscando cumprir a Lei de Execuções Penais oferecendo aos detentos o que lhes é de direito. A unidade prisional de segurança máxima, está equipada com detector de metais, bloqueador de celular, câmeras de monitoramento e oferece suporte como médico plantonista por 24h, além de dentista, assistente social e psicologo. O diretor do presídio, Antônio Ricardo Manhães, observa que a co-gestão é um regime aprovado, já que facilita ao Estado a realização dos trabalhos.
“Toda a direção e coordenação do presídio é da Secretaria de Justiça do Estado de Sergipe. A Reviver dá o suporte técnico oferecendo profissionais qualificados, treinados e vem demonstrando um grande desempenho dentro de suas funções”, disse o diretor.
No Compajaf são desenvolvidas atividades como esportes, xadrez, comemorações de datas coma presença dos familiares que nessas datas recebem cestas básicas. Estão sendo realizados cursos de alfabetização, supletivo, profissionalizantes, cabeleireiro e logo estará sendo inaugurada a fábrica de corte e costura para confecção de uniformes para uso dos detentos de diversas unidades prisionais.
A empresa Reviver, que presta serviço terceirizado a Sejuc tem 160 funcionários trabalhando no presídio, e ainda contrata serviços indiretos de profissionais como pintores, eletricistas, carpinteiros e outros. A Sejuc mantém 13 servidores na unidade, ocupando cargos de chefia como direção, coordenação de segurança, manutenção, chefia de plantão, e gerenciamento geral.

image_pdfimage_print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *